Minerva - Relações com Investidores Mobile
Minerva Anuncia Medidas Visando Restrições da UE

Minerva Anuncia Medidas Visando Restrições da UE

Barretos, 31 de janeiro de 2008 − O Minerva S.A. (BOVESPA: BEEF3), um dos líderes no Brasil na produção e comercialização de carne in natura, industrializados e subprodutos de origem bovina, comunica ao mercado seu posicionamento referente às restrições de importação de carne in natura brasileira por parte da União Européia (UE).

O Ministério da Agricultura apresentou aos comissários europeus uma lista com 2.681 propriedades produtoras de gado bovino que passaram por auditorias e foram consideradas aptas a exportar ao bloco. Desse total 1/3 estava no Estado de Goiás onde está localizada a planta de Palmeiras de Goiás, certificada para exportar para a UE.

No entanto, a lista apresentada pelo governo brasileiro não foi aceita imediatamente pelas autoridades européias, que realizarão uma visita ao país a partir do dia 25 de fevereiro para auditar as propriedades. O impacto prático de tal decisão é o embargo à exportação brasileira para os países do bloco nos próximos 45 dias.

Antecipando essas restrições o Minerva mitigou alguns desses impactos exportando volumes significativamente maiores no mês de janeiro para a UE, garantindo assim a presença da marca Minerva no período das restrições. Com uma política mais conservadora de aquisições, a Companhia não gerou capacidade ociosa nas plantas, permitindo assim maior flexibilidade e mudança entre os mercados em que atua. A Administração acredita no retorno paulatinamente das exportações para a UE no curto prazo, e ressalta sua experiência e flexibilidade em redirecionar suas exportações para outros países, vendo tais restrições comerciais como parte do negócio de carne.

Além disso, a Companhia está acelerando a construção da fábrica para produção de produtos industrializados cooked frozen que entrará em atividade no segundo trimestre de 2008. Essa unidade é uma Joint Venture firmada com a irlandesa Dawn Farms para a produção de produtos com maior valor agregado, que não estão susceptíveis as atuais barreiras da UE.

Em 2007 a UE representou aproximadamente 14% do volume de carne exportada pela Companhia, o que representava 22% da receita de exportações, ou 15% da receita bruta total, níveis consideravelmente abaixo da média brasileira (veja tabela abaixo). Durante último trimestre do ano, a representatividade da UE já havia diminuído para 8% do volume exportado e 15% da receita de exportações, ou 9% do faturamento bruto total − devido a maior representatividade do mercado interno e consolidação em outros mercados emergentes com maiores níveis de crescimento e menores entraves comerciais.

Exportações de Carne Brasileiras  Total  UE 
  Receita¹  Volume²  Receita¹  Volume² 
In Natura  3.485.726  1.285.807  29,5%  14,4% 
Total  4.179.718  1.495.293  31,7%  19,0% 

¹ US$
² Toneladas
Fonte: ABIEC

Como previsto também, o efeito das restrições já foram vistas no preço da arroba do boi gordo, nossa principal matéria prima, que caiu 8% em dois dias, impactando positivamente na rentabilidade de toda a operação da Companhia.

Vale destacar que o Minerva tem sido pioneiro nas exportações de carne para o varejo europeu atendendo aos mais altos padrões de qualidade (Eurepgap), além de exigências adicionais de bem-estar animal e sustentabilidade ambiental. A Companhia também vem trabalhando junto aos fornecedores por meio de pré-auditoria e acredita que todos eles possuem plenas condições de serem aprovados e certificados pela delegação européia.

Relações com Investidores

Carlos Watanabe
Diretor Financeiro e de RI

Ronald Aitken
Superintendente de RI

E-Mail: ri@minerva.ind.br
Tel.: +55 (17) 3321- 3412
Website: www.minerva.ind.br/ri

Para acessar o PDF, clique aqui.


Fale com RI

Telefone : +55 (11) 3074-2444
E-mail: ri@minerva.com.br

© 2018 Minerva.
Todos os direitos reservados.